O papel da IA no combate à lavagem de dinheiro e nas investigações de fraude financeira

Fevereiro 10, 2021

Os desenvolvimentos exponenciais no domínio cibernético nas últimas décadas levaram a níveis de conveniência e eficiência que o mundo nunca viu antes. Infelizmente, esses desenvolvimentos também geraram novas vulnerabilidades que os criminosos podem explorar de qualquer lugar do mundo com serviço de Internet.

Como muitos especialistas em segurança cibernética apontaram, a maioria dos crimes facilitados pela cibernética são crimes que existem há gerações ou mesmo há séculos; tráfico de pessoas, tráfico de drogas, extorsão, chantagem, roubo, peculato, lavagem de dinheiro e vários tipos de fraude que já existiam muito antes da criação da internet. No entanto, ninguém nega que a Web foi um divisor de águas, levando esses crimes a novos patamares de velocidade, sofisticação e globalização. A explosão de novos serviços de pagamento e moeda digital tornou as investigações e a aplicação da lei ainda mais desafiadoras e deram aos criminosos ainda mais opções para realizar e ocultar ações.

Os criminosos têm um histórico de capitalizar sobre desastres, e a atual pandemia não é exceção. Entre os complexos sistemas de pagamentos governamentais em várias camadas e o simples fato de que mais pessoas ao redor do mundo estão realizando transações financeiras on-line, quem busca oportunidades ilegais on-line tem mais opções do que nunca, incluindo fraude por estímulo e fraude do Paycheck Protection Plan (programa de empréstimos a empresas do governo dos EUA). Além disso, atividades como invasões de contas, fraudes no comércio eletrônico, roubo de identidade, ataques de negação de serviço e outros crimes financeiros assistidos cibernéticos “padrão” provavelmente continuarão a aumentar. Mesmo alguns dos métodos mais tradicionalmente confiáveis para verificar a identidade estão sendo burlados, pois a tecnologia deep fake de vídeo e voz está permitindo que fraudadores imitem clientes, funcionários financeiros e vários tomadores de decisão.

Muitos governos tentaram abordar esses padrões de atividade ilegal por meio de uma série de programas e legislação em várias camadas. No entanto, a IA pode ser a ferramenta mais robusta para impor essas iniciativas. Combinada com a experiência humana, a inteligência artificial tem o potencial de processar grandes quantidades de dados envolvidos em investigações de fraude e lavagem de dinheiro, o que capacita governos e agências policiais a tomar medidas decisivas de coibição dessas atividades ilegais. A IA tem a capacidade de adaptar seus próprios métodos para “aprender” à medida que encontra, organiza, processa, compara, analisa e divulga informações vitais, alertando os usuários sobre padrões, conexões, tendências e instâncias específicas que podem indicar dados significativos relacionados a qualquer série de crimes cibernéticos.

Quando aplicada a investigações de lavagem de dinheiro e outros crimes financeiros, a IA é frequentemente usada para identificar e analisar padrões que incluem a legitimidade de empresas, o que pode envolver um exame da localização geográfica, padrões de folha de pagamento, identidades e atividades dos proprietários, documentação registrada, investidores, padrões de estoque e fornecedores e quaisquer outras inconsistências que possam indicar que a empresa não está operando conforme relatado. A IA também pode ser aplicada para identificar padrões em termos de valores de depósito, horários, datas e locais, pois certos padrões (como fazer grandes depósitos em dinheiro à 1h da manhã de forma irregular) podem indicar ações nefastas. Cartões de crédito e débito cancelados também podem refletir possíveis atividades criminosas, pois é comum que criminosos reservem um quarto de hotel, aluguel de carro ou outros produtos ou serviços com cartão de crédito e, em seguida, cancelem o cartão e paguem a taxa em dinheiro. Embora tais ações sejam feitas na tentativa de ocultar a transação, ferramentas de investigação, como tecnologias de IA, podem detectar esses padrões e alertar os investigadores.

Dentre os vários usos e aplicações da IA no combate a crimes financeiros, incluindo lavagem de dinheiro, a análise da OSINT relacionada a dispositivos eletrônicos, instituições, localizações, horários e anomalias e padrões relacionados pode ser aplicada ao processo educacional. À medida que os sistemas se desenvolvem, expandem e geram insights mais valiosos, instituições governamentais, policiais e financeiras podem treinar melhor os funcionários para identificar e responder às crescentes ameaças. Este é um aspecto vital da luta contínua para ficar à frente das tendências em constante evolução nas atividades criminosas globais.

Learn More >

Share this post