O impacto da inteligência artificial no processo de verificação

Julho 29, 2021

O mundo parece ficar menor a cada ano, à medida que as comunicações internacionais e a economia global continuam a crescer mais conectadas e mais complexas. Embora essa tendência traga muitos benefícios em termos de expansão de mercado, compartilhamento de informações e comércio, ela também traz malefícios. Enquanto a maioria dos visitantes internacionais são pessoas que cumprem a lei e que entram no país para fins legítimos de trabalho, comércio, estudo e diplomacia, sempre existe a possibilidade de que uma certa porcentagem de visitantes esteja chegando para fins menos benevolentes, desde empreendimentos criminosos como o tráfico de drogas ou de seres humanos a ameaças como espionagem ou até mesmo extremismo violento. As nações ao redor do mundo continuam lutando para encontrar um equilíbrio adequado em políticas internacionais que promovam a boa vontade e a diplomacia, enquanto protegem as respectivas fronteiras, recursos e pessoas. Da mesma forma, o setor privado está buscando a IA para fins de verificação de funcionários e detecção de possíveis ameaças. Felizmente, a Inteligência Artificial demonstrar provar resultados imediatos e ser incrivelmente útil nesse processo.

A tecnologia de IA pode fornecer uma etapa crucial para impedir que influências destrutivas entrem no país, à medida que complementa o processo de verificação de vistos com algoritmos que analisam vários bancos de dados, plataformas de redes sociais e fontes da deep/dark web para detectar conexões, padrões e inconsistências que possam indicar um ameaça. Essa tecnologia vasculha grandes quantidades de dados não estruturados, potencialmente de milhares de fontes, para identificar conexões com determinadas atividades, grupos e nações. Embora essas conexões possam não ser uma prova de atividades ou intenções nefastas, certamente vale a pena identificar fatores como laços com países que são conhecidos como hostis ou afiliações com grupos extremistas. Com essas informações, pode-se decidir por uma investigação mais aprofundada. Dependendo da aplicação, esse tipo de IA pode procurar indicadores como viagens internacionais suspeitas, conexões com propaganda e desinformação, padrões de gastos incomuns e outros tipos de informações que possam indicar comportamentos ou intenções potencialmente ilegais ou prejudiciais.

Os sistemas de IA podem não apenas reconhecer e combinar imagens dos indivíduos investigados com imagens em milhões de fontes da Internet, mas também podem identificar e analisar elementos específicos nessas imagens que podem oferecer um contexto significativo, como textos, marcadores geográficos, simbolismos de identificação, armas ou itens ilegais, ou outros elementos que possam indicar uma ameaça ou problema. Alguns sistemas de IA foram criados para analisar padrões de voz e expressões faciais e detectar possíveis mentiras ou furtividade durante as entrevistas.

Muitos sistemas de IA também podem traduzir dados de centenas de idiomas diferentes para cobrir um espectro mais completo de fontes de informações em potencial. Isso permite que os investigadores tenham acesso a informações pertinentes da maioria das populações linguísticas do planeta, para que não sejam pegos desprevenidos em um problema potencial devido a uma barreira linguística.

Embora os governos tenham uma necessidade óbvia de tal tecnologia, essa forma de IA também oferece benefícios para empresas privadas que estão considerando a contratação de funcionários, sejam eles internacionais ou nacionais. As organizações do setor privado têm muito a perder ao contratar pessoal que possa representar ameaças à propriedade intelectual, finanças ou reputação. É por isso que mais empresas estão recorrendo à IA para a análise de candidatos. Agora, elas podem ter uma visão muito mais profunda sobre exatamente quem estão contratando e impedir possíveis problemas antes que eles aconteçam.

Share this post