Descoberta de atividades criminosas no universo paralelo da Dark Web

Fevereiro 5, 2020

Enquanto a maioria de nós realiza nossas rotinas on-line diárias, ao navegar, fazer compras e conversar com amigos que pensam da mesma forma, outros estão fazendo essas mesmas ações na dark web. Se você acha que isso parece misterioso e até assustador, você está certo.  É onde aqueles que desejam permanecer anônimos ou não rastreáveis se encontram e, evidentemente, esses tipos de pessoas também chamam a atenção das autoridades.

Os sites da dark web se parecem com os sites da Internet tradicional, mas frequentemente hospedam atividades criminosas. Eles servem como um mercado para opioides, pedofilia e tráfico humano, falsificação e senhas roubadas. Muitos usuários da dark web preferem o Bitcoin, que permite comprar em relativo anonimato. No geral, os usuários que não utilizam a dark web só ouvem sobre ela nos noticiários, quando os eventos que ocorrem lá levam a prisões ou até mortes.  No entanto, a dark web está muito na mente dos policiais, que nem sempre conseguem ver o impacto das atividades da dark web até que uma tragédia atinja a comunidade.

 

Trajetória rumo ao desconhecido

Nos primórdios da dark web, uma plataforma de mercado aberto como a Silk Road vendia centenas de milhões em mercadorias e serviços e levou anos para que as autoridades a parassem. Embora os marketplaces não operem mais nessa escala, o porte reduzido os tornam mais difíceis de detectar. Como qualquer mercado em que a demanda é alta, os marketplaces abrem regularmente e em um ritmo muito mais rápido do que as autoridades podem fechá-los. 

Esses sites oferecem um menu de atividades ilegais, desde credenciais roubadas, ransomware e outros ataques cibernéticos até fabricação de bombas e assassinatos de aluguel, muitas vezes completos com instruções para iniciantes. Manter o controle desses sites, que cuidadosamente tomam medidas extremas para evitar a detecção policial, é um desafio contínuo – um desafio que muitas agências policiais não têm recursos para enfrentá-los.    

Difícil, mas não impossível

A dark web não facilita a vida daqueles que a policiam, mas, ao mesmo tempo, é possível desvendar os segredos dessa rede.  O Voyager Labs oferece aos investigadores da polícia uma plataforma pela qual eles podem analisar continuamente os marketplaces da dark web e até fóruns fechados. Para saber mais sobre como a Voyager Labs pode ajudar a identificar as ameaças da dark web, clique aqui

 

Share this post